15 de Dezembro de 2017

Cuidados caseiros para Calos

Como todo mundo sabe, calos são aquelas partezinhas endurecidas que se formam na pele. Normalmente eles aparecem por causa de uma pressão e atrito constante em determinado ponto, por isso surgem na maioria das vezes nos pés e mãos. Isso acontece porque a pressão interrompe a circulação de sangue no local, que forma uma espécie de bolsa e pressiona o nervo, causando dor e infecção e assim formando o calo. Os calos podem ser de três tipos: os helomas, tilomas e os hiperqueratoses.


A maioria dos casos é tranquilamente resolvida e não apresenta grandes riscos, mas de qualquer forma é preciso tomar cuidado para que aquele calinho não vire uma grande infecção. Nos casos mais graves é recomendado procurar um podologista que poderá retirar o calo da forma adequada e indicar tratamentos específicos para evitá-los, nos pés eles aparecem principalmente por causa dos sapatos que apertam, por isso o uso de calçados confortáveis ajuda.
Para evitar o aparecimento desses indesejáveis pontinhos tente não usar com frequência sapatos muito apertados, muito altos, de bico fino ou muito fechados. No caso das mãos você pode usar luvas ao dirigir, fazer musculação, bicicleta e ao cuidar do jardim, por exemplo. Nos pés sabemos o quanto é difícil resistir àquele sapato lindo e desconfortável, então confira algumas dicas que ajudam a amenizar o problema:

  • Hidratantes com uréia: a uréia é uma substância própria do corpo humano, que é formada no fígado, filtrada nos rins e expelida através da urina e do suor. Ela é responsável pela regulação da água de nossa pele, hidratantes que contenham uréia em sua composição são ótimos cicatrizantes
  • Óleo de camomila: serve para amaciar e hidratar a pele, você pode usar o óleo e passar uma pedra porosa ou uma lixa especial em seguida. Lembre-se que o uso da lixa não deve ser diário, uma vez por semana é o suficiente.
  • Óleo de mamona: também é um ótimo hidratante e pode ser usado diariamente.
  • Coloque uma rodela de cebola crua sobre o calo e envolva em uma gaze, deixando ela no local até que o caroço do calo se solte.
  • Existem também produtos como esparadrapos com ácido salicílico, que servem para amolecer os calos, que saem junto com o esparadrapo. Como trata-se de um ácido é preciso tomar cuidado com a pele em volta ao calo, para evitar que ela seja prejudicada pelo produto, passe vaselina ao redor do calo, aplicando o esparadrapo somente no local onde está o calo.
  • Amasse um dente de alho e misture com óleo de oliva quente, aplique a pasta sobre o calo e envolva com uma gaze. Você pode repetir esse processo até o calo secar.
  • Para as mãos uma dica bacana é fazer uma esfoliação suave duas vezes na semana e também não esquecer de usar um hidratante adequado todos os dias.
  • Não corte o calo, isso pode causar infecções e sangramento.
  • Para aliviar um pouco do desconforto e da dor coloque gelo no calo, isso ameniza o inchaço e ajuda a diminuir a dor. Você também pode deixar os pés de molho em água com chá de camomila, que faz com que a pele relaxe e fique macia.

Sem Comentários